Pterossauros com penas

Foram descobertos dois fósseis excepcionalmente bem preservados que podem mudar drasticamente a forma como imaginamos que os pterossauros, répteis alados que viveram entre 230 a 66 milhões de anos atrás. Os dois fósseis são de pterossauros datando de 160 milhões de anos atrás, um deles de uma nova espécie, e foram encontrados na China. Mas a grande novidade que esses espécimes apresentam é a presença de penas em fósseis de pterossauros! O fato faz com que as penas, que até então se achava só terem aparecido com os dinossauros e depois nas aves, sejam mais antigas do que se imagina e tenham aparecido pela primeira vez em algum ancestral comum.

pterosaur-inline-x
Fósseis com filamentos. Baoyu Jiang, Michael Benton et al./Nature Ecology.

Os cientistas acreditam que os pterossauros devessem se parecer com morcegos marrons, com asas felpudas e penas marrons. A tonalidade avermelhada, constatada pelos cientistas, indica que as penas serviam também para camuflagem, assim como para facilitar o tato e o voo. Outra utilidade seria o isolamento térmico.

Essas estruturas estavam presentes nos fósseis em 4 tipos de penas, espalhadas pela cabeça, pescoço e asas. São as mesmas estruturas presentes no corpo do ornitisquianos herbívoros e dos terópodes, grupos de dinossauros de onde surgiram as . aves

dinossauro-pelo.png
Os 4 tipos de estruturas de pena encontrados nos fósseis. Baoyu Jiang, Michael Benton et al./Nature Ecology.

Um tipo, encontrado no pescoço, ramifica-se no final de uma forma semelhante a uma escova. O segundo tipo, encontrado na cabeça, tem ramificações laterais. E o terceiro, encontrado nas membranas das asas, ramifica-se da base e se assemelha para baixo. Eles são notavelmente semelhantes às penas encontradas em muitos dinossauros.

“Se apenas visse esses pedaços de penugem por conta própria, eu juraria que eram de um dinossauro terópode”, disse Steve Brusatte, da Universidade de Edimburgo, que não fez parte do estudo.

Com o achado dos fósseis e as penas, o time internacional de pesquisadores liderado por Baoyu Jiang, da Universidade Nanjing, na China, descobriu que as, antes chamadas de, picnofibras são na verdade penas e que os pterossauros possuíam penas.

“Nós conduzimos algumas análises evolutivas e elas mostraram claramente que os pterossauros tinham penas, assim como os pássaros modernos e diversos dinossauros”, diz Mike Benton, professor da Universidade de Bristol e que participou da pesquisa.

Segundo os cientistas acreditam, a presença dessas estruturas, observadas também nos dinossauros e pássaros, pode sugerir que possa ter existido um ancestral comum a esses animais 250 milhões de anos atrás. Entretanto, essa não é a única teoria e, das duas possíveis, é também a mais simples. A outra é que penas de aspecto muito semelhante evoluíram independentemente em pelo menos quatro ocasiões: nos pterossauros, nos dinossauros terópodes, como os velociraptors (que deram origem às aves) e nos dois grupos de dinossauros ornitísquios comedores de plantas, representados pelo Psitacossauro e pelo Kulindadromeus.

O contra-argumento é que muitos dinossauros gigantes tinham couraças em vez de penas. Mas Benton ressalta que muitos mamíferos, de baleias a elefantes, perderam a maior parte de suas pelagens. Então, talvez os ancestrais desses dinossauros tivessem penas e as tivessem perdido.

Fontes:

https://www.bbc.com/news/science-environment-46572782

https://www.newscientist.com/article/2188405-stunning-fossils-show-pterosaurs-had-primitive-feathers-like-dinosaurs/

https://super.abril.com.br/ciencia/pterossauros-tinham-penas-como-as-de-passaros-e-dinossauros/

https://www.livescience.com/64324-pterosaurs-had-feathers.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: